Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Conclusão do projecto #marçofemenino

por Tânia Tanocas, em 03.04.17

Conclusão do desafio #marçofeminino realizado pela Sandra do sayhellotomybooks.

 

20241377_QM920 (1).png

 

Em termos individuais correu bem, em termos de interacção foi uma miséria... 

Logo no início do mês, fiquei como o tempo, uma desgraça, o bicho atacou forte e feio, nunca gastei tantos lenços de papel como neste mês, não tinha vontade para nada, só ficar enroscada no quentinho e ler o que conseguisse, ainda tentei ver alguns filmes, mas desisti quando adormecia logo que iniciava a sessão.

Depois apetecia ler tudo, menos o que tinha escolhido para a minha TBR, mas já tinha avisado que a coisa podia não ser tão linear.
Por fim, estas duas últimas semanas já me senti bem melhor, mas tive vergonha de interagir com o pessoal, era como apanhar o comboio a meio de uma viagem, sentia-me uma "abelhuda", sendo assim, continuei o desafio por aqui, colocando as minhas opiniões do que ia lendo e sempre com as perspectivas elevadas em conhecer novas autoras.

 

Adorei este desafio, porque li autoras que tão cedo não saiam das estantes e vi excelentes filmes, (que também já estavam à espera na lista) comprovando de que as mulheres realizadoras não ficam atrás do universo masculino.

 

Como já disse, descabei na minha TBR do projecto, mesmo que em oito leituras, quatro foram menos boas, as restantes superaram em grande o saldo menos positivo.

livros lidos_marçofeminino.jpg

Tive óptimas surpresas com,"A Vida não é Justa" de Andréa Pachá, "Um Grito de Socorro" de Casey Watson, "Uma Duas" de Eliane Brum, "Jogos da Fome" de Suzanne Collins e as menos boas, "O Meu Nome É..." de Alastair Campbell, "No Tempo em que Éramos Adultos" de Anne Tyler, "Aqua Toffana" de Patrícia Melo e "Sete Mulheres" de Almudena Grandes.

 

Em termos de cinema e com muita pena minha, só vi dois filmes,"The Innocents" de Anne Fontaine e "As Sufragistas" de Sarah Gavron, como se costuma dizer, "poucos, mas bons".

 

Realmente a parte que falhei redondamente foi na promessa de interagir mais e desde já peço desculpa há Sandra, ela merecia que eu tivesse feito um esforço, porque me proporcionou um desafio estimulante, numa altura em que fui atacada por uma virose.

Mas tenho a certeza de que haverá outras oportunidades e quem sabe a minha timidez já não esteja tão saliente.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:29



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Opinião em Breve...


Estou a Ler...



Goodreads

2017 Reading Challenge
Tânia Tanocas Já leu 60 livros... A meta era de 50 livros...
hide




Mensagens