Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


"Os Níveis da Vida" de Julian Barnes - Opinião

por Tânia Tanocas, em 15.09.17

Sexta leitura do #bookbingoleiturasaosol

Categoria: "Prémio Literário"

40.jpg

Opinião:

Este livro foi me oferecido num Natal... OK, não vou ser hipócrita se disser que era um autor ou livro que estava na minha whish, também não vou ser mentirosa se disser que adorei o livro do início ao fim, foi sim, uma leitura gradual que culminou numa boa surpresa, se fiquei fã? Sim, mas só na terceira parte do livro...

 

O livro divide-se em três momentos, os dois primeiros capítulos não me cativaram, confesso que não percebi bem o que o autor quis transmitir, nem consigo explicar, talvez porque não percebo nada de balonismo e a fotografia não seja o meu forte, a vontade de desistir do livro foi constante, prevaleceu a minha insistência em terminar já que o livro é bastante curto e ainda bem que insisti, pois a terceira parte é simplesmente divinal, para mim se o livro fosse composto só com a última parte era o suficiente para amar esta leitura.

 

O luto nunca é uma fase fácil de superar, o autor passa por essa condição quando perde um familiar, descreve (numa escrita poética) o que sente um enlutado e os esforços (muitas das vezes em vão) dos amigos e conhecidos para ajudar a dar a volta por cima.

 

Felizmente ainda não passei por nenhuma perda, que se diga devastador para a minha vida, mas ler "A Perda de Altitude" foi como se levasse um murro no estômago, pensei (e ainda me vem muitas vezes à memória) como será comigo quando isso acontecer, porque é inevitável, algum dia irei sofrer da mesma maneira que Julian sofreu, ouvir os incentivos de esperança daqueles que não estão (assim) tão devastados pela perda de alguém que é um dos pilares da nossa vida.

 

Por isso é que passado mais de um mês do fim desta leitura, ainda não consegui tirar o livro da mesa de cabeceira, talvez o deixe lá até que chegue a minha vez de fazer o luto e assim consumar a dor do autor com a minha...

 

Apesar de tudo é um livro recheado de citações (do início ao fim) que merecem ser destacadas, estas 109 páginas ficaram sarapintadas de post-its...

4-estrelas.jpg

 

"O Pecado da Altitude"

"A altitude «reduz todas as coisas às suas proporções relativas e à Verdade». Cuidados, remorsos, indignação tornam-se estranhos: «Com que facilidade desaparecem a indiferença, o desprezo, o esquecimento... e se instala o perdão.»

 

"Ao Nível"

"Juntamos duas pessoas que ainda não se tinham juntado; e às vezes o mundo transforma-se, outras vezes não. Podem despenhar-se e arde, ou arde e despenhar-se. Mas às vezes algo de novo acontece, e então o mundo transforma-se. Juntos naquela exaltação, naquela primeira e estrondosa sensação de alento, são maiores que os dois eus separados. Juntos, veem mais longe e veem mais distintamente."

 

"A Perda de Profundidade"

"Cedo na vida, o mundo divide-se entre os que praticaram sexo e os que não praticaram. Mais tarde, entre os que conheceram o amor e os que não conheceram. Mais tarde ainda - se tivermos sorte (ou, por outro lado, se não tivermos sorte) -, divide-se entre os que sofreram o luto e os que não sofreram. Estas divisões são absolutas; são trópicos que atravessamos." 

 

julian-barnes.jpg

 

Julian Barnes nasceu em Leicester em 1946. É autor de mais de uma dezena de livros. A sua obra está traduzida em trinta idiomas, e três dos seus romances foram finalistas do Booker Prize. Barnes foi o único escritor galardoado com o Prémio Medicis e o Prémio Femina. Foi ainda distinguido com o Prémio do Estado da Áustria para escritores estrangeiros e, mais recentemente, com o David Cohen Prize. O Sentido do Fim, recebeu o Man Booker Prize 2011. Julian Barnes foi casado com a agente literária Pat Kavanagh até à morte desta, em 2008, e vive em Londres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Jardim de Mil Histórias a 20.09.2017 às 14:32

Olá Tânia,
Ainda não li nada de Julian Barnes, mas já percebi que não é consensual. Tenho que tirar as minha dúvidas :)
Ainda assim foi uma boa leitura.
Beijinhos e boas leituras
Imagem de perfil

De Tânia Tanocas a 20.09.2017 às 21:05

Se não tivesse a "casmurrice" de continuar leituras que não me estão a cativar, talvez nunca chegasse ao fim e ficava sem ler a última (maravilhosa) parte...
Entretanto já adquiri "O Sentido do Fim" para tentar perceber se o autor me consegue surpreender do início ao fim...
Beijokas e boas leituras...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Opinião em Breve...


Estou a Ler...



Goodreads

2017 Reading Challenge
Tânia Tanocas Já leu 60 livros... A meta era de 50 livros...
hide




Mensagens