Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"A Quinta dos Animais" de George Orwell - Opinião

por Tânia Tanocas, em 27.12.17

6ª leitura do desafio "Christmas in the Books 2017"

Categoria 8) Lê um livro que contenham algum elemento de fantasia

63.jpg

Opinião:

Um livro que apesar de o querer muito ler, adiei durante bastante tempo, em parte porque tinha receio de ter uma escrita difícil (concluído em 1943) e depois porque as opiniões eram quase sempre dirigidas a questões políticas, mas nada dos meus receios se justificaram, este é mesmo daqueles livros em que só me arrependo de não o ter lido mais cedo.

 

Esta é uma fábula (será que a poderei considerar fábula?), pois para mim é uma fábula, com a particularidade de que a realidade se rivaliza com a fantasia, ou será ao contrário?
Uma forma criativa de criticar os actos dos humanos, transformando a rebelião de um grupo de animais em exemplos de certas atitudes e rumos a tomar.

 

Compreender como se forma uma ditadura, compreender como surge a inércia de um povo, compreender aquilo que ninguém compreende quando se tem liberdade para pensar livremente.
Quem ficará mal? Quem ganhará a luta? Sem dúvida que este livro é uma fábula que podemos tirar várias ilações, não só em termos políticos já passados, como no presente e futuro...

 

Quando perguntam como é que um povo não se revolta e aceitam impávidos e serenos as atitudes dos seus governantes, certamente vou aconselhar que lêem este livro, porque é sem dúvida um óptimo exemplo de explicação, sem rodeios onde qualquer pessoa irá certamente compreender como é que se formam as lavagens cerebrais, a subjugação dos ideias que só beneficia quem os dita, o que acontece quando a droga mais mortífera continua a ser o Poder...

 

Os Sete Mandamentos da filosofia do Animalismo:

1. Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo.
2. Qualquer coisa que ande sobre quatro patas, ou tenha asas, é amigo.
3. Nenhum animal usará roupas.
4. Nenhum animal dormirá em cama.
5. Nenhum animal beberá álcool.
6. Nenhum animal matará outro animal.
7. Todos os animais são iguais.

 

Entretanto os mandamentos vão alterando em proveito de quem está no Poder:

4. Nenhum animal dormirá em cama com lençóis.
5. Nenhum animal beberá álcool em excesso.
6. Nenhum animal matará outro animal sem motivo.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

Em resumo: "Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros..."

 

Para finalizar, aproveito para salientar que adorei esta edição da Antigona, além de ter o texto na íntegra, tem uma reflexão inicial acerca da fábula e vários apêndices do autor onde explica a origem e as dificuldades em publicar este livro. 

5-estrelas.jpg

3706.jpg

 

George Orwell (1903-1950) é autor de importantes obras de ficção e de não ficção. Em 1945, publicou O Triunfo dos Porcos / A Quinta dos Animais, até hoje a sua obra mais popular a par com 1984, uma sátira pessimista sobre a ameaça de uma tirania totalitária no futuro, publicada em 1949.
Serviu na Polícia Imperial na Birmânia (agora Myanmar) e mais tarde lutou do lado dos Republicanos na Guerra Civil Espanhola. Pertenceu à Home Guard, uma importante organização de defesa do exército britânico, e trabalhou como correspondente de guerra para a BBC durante a Segunda Guerra Mundial.
George Orwell morreu em 1950, em Inglaterra, vítima de tuberculose. Escreveu também, entre outras obras, Dias da Birmânia (1934), O Caminho para Wigan Pier (1937) e Homenagem à Catalunha (1938).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00



Mais sobre mim

foto do autor


Estou a Ler


goodreads.com

Goodreads

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Tânia has read 0 books toward her goal of 50 books.
hide


Lidos 2018



Tânia Tanocas's favorite books »




Mensagens



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D